13-10-2013

3 comentários:
Reacções: 

Depois de tentar seguir vários conselhos que me deram aqui, posso dizer que me sinto muito mais confiante. Talvez apaixonar-me por outro rapaz, deixando o que me magoou no passado, seja uma coisa boa. Apesar de ainda sentir muitas saudades do primeiro, de como ele costumava ser, sinto que já não é o mesmo... Por isso devo-vos um grande obrigada!

5-10-2013

13 comentários:
Reacções: 

Já nem sei se vale a pena. Apaixonar-me. Para quê? Para sofrer o mesmo que sofri com o último? Eu sei que alguns rapazes são diferentes e que cada rapaz é uma história...Mas tenho medo. Medo de cometer os mesmos erros, de me magoar. Também tenho noção que este rapaz é diferente mas eu também pensava isso da pessoa que me magoou e agora olhem para mim. Sou apenas mais uma rapariga deprimida num mundo de adolescentes de coração partido.

29-09-2013

2 comentários:
Reacções: 

Acho que estou a passar por uma depressão outra vez. Hoje, apesar de tudo, tentei falar com ele. E ele foi tão...diferente a comparar com quando eu falei com ele nas férias. Ele está diferente em tantos aspectos que eu nem consigo enumerar. Mas eu continuo a amá-lo. Porquê? 
Perguntei-lhe de uma outra forma, se ele viria ter comigo para jogarmos e ele respondeu-me, também por outras palavras, que talvez um dia... 
Um dia...Até esse dia ele deixa-me aqui, sem saber, meia viva, meia morta, meia triste, meia ansiosa.

19-09-2013

Sem comentários:
Reacções: 

Não sei bem se isto é normal mas saber que o rapaz de quem gosto se atirou (mandou piropos, chamou, etc) a uma das minhas melhores amigas fez-me ver o mundo de forma diferente. Ontem ele fez isso e hoje ele teve dia livre, ou seja, nem o vi. A verdade é que me pus a pensar. Apaixonada por este rapaz, se for ou se se tornar um player como muitos que eu conheço, vai ser a minha morte psicológica. Já estive deprimida uma vez, não tenciono voltar a estar. Magoou-me descobrir esta verdade mas, honestamente, já devia ter percebido.
Entretanto tenho estado a olhar mais para um rapaz que me anda a surpreender pela positiva. Ele é perfeito. É giro, simpático, querido, divertido, etc... Mas o meu coração ainda está demasiado preso no primeiro rapaz. Gostava tanto de me apaixonar pelo segundo ele é...o rapaz ideal. Mas nunca nos apaixonamos por quem queremos não é?

17-09-2013

Sem comentários:
Reacções: 

Vi-o hoje. Não consegui evitar. Ele estava na paragem atrás da minha e eu sabia disso. Quando o vi foi como se algo nascesse em mim de novo, podia jurar que o tempo parou, tudo o que eu via era ele e o vento passar. Ele não me viu mas na verdade, não precisei disso. Estava enganada, pensava que o melhor para mim seria evitá-lo para, no ano que vem, não sofrer tanto por ele já lá não estar. Mas não. Para eu estar feliz, preciso de o ver e aproveitar este ano ao máximo, o que acontecer para o ano, aconteceu. E pode ser que tenha coragem e fale com ele no facebook entretanto. Sei que não devia pensar assim mas... Tenho medo de o perder, já perdi parte dele, não o quero perder por completo. 
Bem, parece que as minhas decisões não têm sido as melhores mas hoje, pela primeira vez em muito tempo, eu acho que vai tudo melhorar.

16-09-2013

1 comentário:
Reacções: 

Hoje foi o meu primeiro dia de aulas. Pensava que ia tudo voltar ao normal porque, as pessoas que chumbaram o ano passado estariam agora na minha escola, finalmente! Mas está tudo tão diferente. Os meus amigos antigos estão mudados e os meus amigos mais recentes...bem... parece que as férias não lhes fizeram nada bem. Admito que também mudei. 
Ontem pus os fones nos ouvidos e enquanto ouvia uma música lenta, daquelas que nos faz bem pensar em certas decisões da vida, tomei uma decisão. Não me vou deixar ir abaixo por causa de um rapaz ou pelo menos, mais tarde. O que eu quero dizer é, eu amo um rapaz um ano mais velho que eu, ou seja, para o ano ele vai para a universidade e a verdade é que ele anda a agir como se não me conhecesse, e isso magoa imenso. Por isso ontem decidi que o tenho de esquecer, de vez! Mas como vocês sabem, se alguma vez já se apaixonaram, esquecer alguém não é fácil. Por isso andei o dia todo a fugir dos possíveis sítios onde ele poderia estar e, para minha grande sorte, as únicas pessoas que eu vi foram os seus amigos e não ele. Mas está a doer muito, demasiado. 
Cheguei a casa, pousei a mala e chorei. Estou a fazer o melhor para mim certo? Estou a tratar de não sofrer muito para o ano que ele não vai lá estar. Ainda para mais, acho que ele está apaixonado pela minha melhor amiga...Só sei que andei a evitar tudo e todos hoje. Só para não me magoar...Estarei a ser egoísta? 

Me.

1 comentário:
Reacções: 

Eu sou a Sophie. Quer dizer... Eu queria um espaço onde pudesse desabafar por isso, criei este blog, um nome falso e suponho que o que vou escrever aqui é basicamente o que escreveria num diário. Muitas das coisas que preciso de desabafar nem sequer fazem sentido, mas é o que sinto, é como me sinto. Confusa.
Posso então contar-vos que tenho 16 anos e ando no 11ªano.